21 de abr de 2010

"Não, meu bem, não adianta bancar o distante: lá vem o amor nos dilacerar de novo..."

Nenhum comentário: